Fazendo o Gênero 12 | Seminário Internacional

15/07/2021 16:04

12ª edição do Seminário Internacional Fazendo Gênero será realizada em formato on-line

No período de 19 a 30 de julho de 2021, o Instituto de Estudos de Gênero da Universidade Federal de Santa Catarina realizará a 12ª edição do Seminário Internacional Fazendo Gênero. Considerando o ainda incerto cenário por conta da pandemia causada pelo Covid-19, a comissão organizadora do Fazendo Gênero 12 tem trabalhado, desde 2020, na adaptação da programação desta edição, que acontecerá excepcionalmente em formato on-line. Devido à ampla programação e às especificidades dos encontros mediados pelo espaço virtual, o FG12 acontecerá durante duas semanas, concentrando sua programação principal entre os dias 26 e 30 de julho, que tem como destaque para as mesas-redondas, conferências e a Marcha Virtual Mundos de Mulheres, que serão transmitidas pelos Canais do Fazendo Gênero no YouTube e poderão ser acessadas, livremente, pelas pessoas interessadas.

O Seminário acontece desde 1994, reunindo pesquisadoras, estudantes, ativistas, artistas, professoras e interessadas nas questões que envolvem o gênero, as mulheres, feminismos e sexualidades. O tema desta edição é “Lugares de fala: direitos, diversidades, afetos”. A concepção geral do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12 coloca-se no debate atual dos feminismos e das visibilidades de minorias, reconhecendo a importância das vozes que falam por si e por um comum compartilhado, reivindicando direitos, quando e sempre que o contexto e a força das mediações as ameaçar de silenciamento.

Serão mais de dois mil trabalhos científicos distribuídos nos 160 Simpósios Temáticos, 24 sessões de Pôsteres, 34 Oficinas, 8 Minicursos e 35 Mesas-redondas. Além disso, o FG12 terá uma programação cultural, já iniciada com a Mostra Audiovisual e Mostra Fotográfica, que aconteceram em março deste ano. O Canal 1 do Fazendo Gênero transmitirá os trabalhos de artistas e artivistas e também sediará uma série de rodas de conversa nos dias 24 e 25 de julho. A III Exposição Arte e Gênero acontecerá entre os dias 26 de julho a 29 de outubro de 2021 que, nesta edição, acontecerá virtualmente por meio da Plataforma Digital do Espaço Cultural Armazém – Coletivo Elza. Fazem parte da programação também o já tradicional Crianças no Fazendo e a Tenda Mundos de Mulheres.

Uma das atividades mais aguardadas e de maior destaque do evento são as Conferências. Neste ano, o Fazendo Gênero contará com a presença da socióloga moçambicana Isabel Casimiro (19/07, segunda-feira, às 9h30) que proferirá a conferência de abertura, da escritora brasileira Conceição Evaristo (26/07, segunda-feira, às 16h30), da liderança indígena Sônia Guajajara (27/07, terça-feira, às 16h30), da antropóloga Angela Figueiredo (29/07, quinta-feira, às 16h30). A conferência de encerramento será realizada pela escritora e historiadora angolana Ana Paula Tavares (30/07, sexta-feira, às 16h30). A programação completa e todas as informações podem ser acessadas no site https://www.fg2021.eventos.dype.com.br/programacao.

Contatos

Secretaria do Fazendo Gênero

Website: http://fazendogenero.ufsc.br/12/

E-mail:

Redes sociais

Seminário Internacional Fazendo Gênero – Home

Fazendo Gênero (@fazendo_genero_12)

Canais do FG no YouTube

#paratodesverem: Card com fundo de sequência repetida de figuras geométricas em azul, vermelho, laranja e roxo, que remetem à cultura africana. O logo do FG12 está à esquerda e, à direita, Seminário Internacional seguido da data do evento. Na parte central, à direita, lê-se em azul: “Acesse nossas redes para acompanhar o evento:”, seguido do texto em vermelho “19 a 30 de julho”. À esquerda, lê o texto, intercalando entre vermelho e azul “Facebook: facebook.com/FazendoGenero/ Instagram: instagram.com/fazendo_genero_12/ Email:  Confira quais os canais do FG no Youtube e outras informações no website: http://fazendogenero.ufsc.br/12/“. na parte inferior, as logos: UFSC. IEG. UDESC. CAPES. Fim da descrição.

Secretaria do Fazendo Gênero
E-mail: 
Tags: convitegêneroseminário

II COLÓQUIO INTERNACIONAL DE DIREITOS HUMANOS E POLÍTICAS DE MEMÓRIA

02/12/2020 12:53

O Grupo de Pesquisa Sobre Direitos Humanos e Políticas de Memória (DIHPOM) e os Programas de Pós-Graduação em História da UFPR e da UEM realizarão o II COLÓQUIO INTERNACIONAL DE DIREITOS HUMANOS E POLÍTICAS DE MEMÓRIA por meio de plataformas virtuais, nos dias 16 a 18 de março de 2021.

O colóquio terá como tema central: Ódio e resistências em tempos de exceção

O objetivo é proporcionar uma reflexão sobre a invisibilidade e subalternidade a que se veem submetidos determinados grupos sociais que sequer podem ser enquadrados nos tradicionais quadros teóricos que classificavam as camadas mais pobres da sociedade que, conquanto sua condição humilde, faziam-se representar por organizações por elas mesmas criadas; sem representatividade, sem coesão social, sem uma estrutura organizativa, estes subalternos, até há pouco tempo denominados como minorias, hoje adquirem cada vez mais expressividade numérica, sendo expostos, por vezes, à hipervisibilidade (povos originais, refugiados, sem-teto, minorias étnicas), e à invisibilidade (sem parcela, sem individualidade). São também conhecidos pelo próprio governo como populações vulneráveis, expostas a práticas insidiosas de violência (que resultam, na maioria das vezes, numa contra violência) ou a diversas medidas que tornam permanente o estado de exceção. Discutir a questão do “direito a ter direitos” desses segmentos é o objetivo principal dos debates previstos para este Colóquio.

O evento é voltado para os/as pesquisadores/as da área de História e das Ciências Humanas e Sociais, professores/as universitários/as, professores/as da educação básica, alunos/as de pós-graduação e de graduação.

Na programação está prevista a realização de Conferências, Mesas Redondas, Depoimentos, Simpósios Temáticos para apresentação de trabalhos e lançamento da plataforma de um banco de dados.

Tags: colóquiodireitos humanosmemória

Oficina de formação continuada para professores de história do ensino básico e superior

04/06/2019 10:36

Com o objetivo de proporcionar maior proximidade entre professores da rede pública de ensino de Santa Catarina e professores das universidades públicas do estado, a UFSC sediará, a partir do dia 10 de junho, a “Oficina de formação continuada de professores: ensino de história euso de fontes”. Os encontros serão realizados quinzenalmente, às 14h, no Departamento de História da UFSC, sala 10. Somente nos dias 02/08, 02/09, 09/10, 08/11, as atividades para os professores serão na parte da manhã e da tarde, tendo duração total de, aproximadamente, oito horas. Nos demais dias a atividade será de quatro horas.

A razão de ser do curso superior de história é formar pesquisadores e educadores, mas por uma série de injunções a formação de professores fica sempre em segundo plano, relegada aos cursos de educação, como uma atividade secundária. Assim, em segundo lugar, a oficina objetiva proporcionar uma atividade na qual o protagonismo da formação de professores esteja nas mãos dos próprios professores de história, da rede pública e da universidade. Disso resulta o terceiro objetivo: pensar o ensino como uma tarefa política e acadêmica que envolve professores em todos os níveis, sem distinção, da universidade ao ensino fundamental. Para isso, será promovida a discussão de temas relevantes tanto do ponto de vista teórico-metodológico quanto do ponto de vista prático para a operação em sala de aula no ensino médio ou fundamental.

 

A sala 10, do Departamento de História, fica localizada no corredor à esquerda, no 2º andar do Bloco C do CFH.

 

Notícia completa.

Tags: Formação de professoresLicenciatura

Defesa Pública de Memorial de Atividades Acadêmicas | Professor Titular da Carreira do Magistério Superior

21/11/2018 08:11

O Departamento de História convida a comunidade para a Defesa Pública de Memorial de Atividades Acadêmicas de Professor Titular da Carreira do Magistério Superior, que ocorrerá nos dias 22 e 23 de novembro, no bloco E/F Anexo.

Aqui a programação completa.

A professora Dr.ª Beatriz Gallotti Mamigonian fará sua defesa às 9h do dia 22. O professor Dr. Adriano Luiz Duarte às 9h do dia 23.

 

Tags: professor

Simpósio História Pública em Rede: difusão do conhecimento na Wikipédia

24/08/2018 13:52

 

Entre os dias 01 e 03 de outubro de 2018, a Universidade Federal de Santa Catarina vai sediar o I Simpósio História Pública em Rede: difusão do conhecimento na Wikipédia. Primeiro evento de um ciclo de História Pública, o Simpósio deste ano deriva do projeto de extensão da UFSC intitulado Reformulação e construção de verbetes da Wikipédia na área de Teoria da História. O projeto é organizado desde 2018 pelos professores do Departamento de História Flávia Varella e Rodrigo Bonaldo. Visa contribuir para a disseminação do conhecimento histórico em contexto não universitário e integrar professores e alunos na área da Teoria da História e História da Historiografia. O Simpósio, por sua vez, vai reunir discussões sobre o enciclopedismo digital e a difusão do conhecimento também em âmbitos interdisciplinares, contando com a participação de acadêmicos que se dedicam a áreas diversas, da geografia à matemática, passando por profissionais da tecnologia da informação.

A Wikipédia é hoje um dos mais acessados mecanismos de referência da Internet. O grande alcance e a rápida difusão da informação através da plataforma cria um ambiente promissor para a atuação historiadora e para a produção de materiais de referência, contribuindo assim para uma maior democratização do conhecimento. Consideramos necessária, portanto, a discussão em torno das estratégias de diálogo entre o conhecimento produzido dentro do âmbito acadêmico e as tecnologias que viabilizam sua democratização, em especial a Wikipédia.

As propostas de comunicação podem ser enviadas até o dia 7 de setembro.

As inscrições nos minicursos e edit-a-thon deverão ser realizadas até o dia 18 de setembro.

 

Programação do evento

 

  • 01/10/18:

 

10:00-12:00 – Minicurso “História, técnica e novas mídias: perspectivas teóricas entre a história e as tecnologias digitais”

Pedro Telles da Silveira (UFRGS)

(Pausa para o almoço)

14:00-16:00 – Minicurso “História, técnica e novas mídias: perspectivas teóricas entre a história e as tecnologias digitais”

Pedro Telles da Silveira (UFRGS)

 

16:00-18:00 – Minicurso “Democratizando o conhecimento: passos iniciais para a edição de verbetes na Wikipédia”

Danielly Dias (UFSC/Autorrevisora da Wikipédia)

Sarah Marcelino (UFSC)

 

18:00-20:00  – Minicurso “Carregamento de objetos históricos no Commons”

Rodrigo Padula (Wiki Educação Brasil/Administrador da Wikipédia)

 

  • 02/10/18:

 

09:30-12:00 – Mesa-redonda: Wikipédia na Universidade: produção e difusão do conhecimento histórico (Auditório Elke Hering – BU)

 

Wikipédia: muito além de uma enciclopédia online

Rodrigo Padula (Wiki Educação Brasil/Administrador da Wikipédia)

 

Wikipédia e informação de qualidade: os cinco pilares e as regras da enciclopédia livre

Juliana Bastos Marques (UNIRIO/Autorrevisora da Wikipédia)

 

14:00-18:00 – Seção de comunicações

 

18:30-20:30 – Mesa-redonda: Disputas públicas pelo passado: guerras de memória e passados populares (Auditório Elke Hering – BU)

 

Wikipédia, memória, popularizações do passado e historicidade democrática

Mateus Henrique de Faria Pereira (UFOP)

 

Existe paz nas guerras de memória? Temporalidade, esfera pública e a problemática do perdão nas controvérsias de internet

Pedro Telles da Silveira (UFRGS)

 

  • 03/10/18:

 

09:30-12:00 – Mesa-redonda: A Wikipédia como fonte de informação (Auditório Elke Hering – BU)

 

Wikipédia, fontes, referências e links

Rafael Ghidini (Unioeste/Administrador da Wikipédia)

 

Wikipédia: leitura crítica e possibilidades de ensino

Fábio Souto de Azevedo (UFRGS/Administrador da Wikipédia)

 

14:00-16:00 – Edit-a-thon “A Geografia na Wikipédia: possibilidades e desafios”

Rafael Ghidini (Unioeste/Administrador da Wikipédia)

 

16:00-18:00 – Edit-a-thon “Mulheres na Ciência e nas Humanidades”­­

Fábio Souto de Azevedo (UFRGS/Administrador da Wikipédia)

Maiores informações: http://nepemi.sites.ufsc.br/simposio-historia-publica-em-rede/

Tags: história públicasimpósio

I Ciclo de Leituras em Saúde e Ciências Humanas

01/08/2018 13:11

Com o objetivo de fomentar debates interdisciplinares, o Laboratório de História da Saúde e Sociedade (LabHiSS) oferece o projeto de extensão Café com Saúde. Os encontros serão quinzenais, sobre textos previamente selecionados. Serão fornecidos certificados de participação mediante frequência.

Nosso primeiro encontro de planejamento acontecerá dia 17 de agosto de 2018, no LabHiSS (7º andar do bloco F do CFH) às 18:00h. Traga sua contribuição para nosso café e para as futuras leituras !

https://www.facebook.com/labhissufsc

 

Tags: ciclo de leiturasconvite